Produção Industrial Brasileira em Julho de 2017

Na terça-feira, 05 de setembro de 2017, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou a Pesquisa Mensal Industrial (PIM) referente ao mês de julho de 2017. De acordo com o IBGE, no sétimo mês do ano, a produção industrial nacional cresceu 0,8% frente a junho (série com ajuste sazonal), emendando uma série de quatro meses seguidos de crescimento mensal, período em que acumulou ganho de 3,4%.

 

 

Na série sem ajuste sazonal, no confronto com igual mês do ano anterior, o total da indústria apontou expansão de 2,5% em julho de 2017, após também registrar taxas positivas em maio (4,1%) e em junho (0,5%). No índice acumulado dos sete primeiros meses de 2017, o setor industrial assinalou acréscimo de 0,8%. A taxa anualizada, indicador acumulado nos últimos doze meses, com o recuo de 1,1% em julho de 2017, prosseguiu com a redução no ritmo de queda iniciada em junho de 2016 (-9,7%).

 

 

Sete dos 14 locais pesquisados mostraram taxas positivas e o avanço mais intenso foi na Bahia (7,2%), que eliminou parte da perda de 10,1% verificada no mês anterior. Região Nordeste (3,2%), Pará (2,3%), Paraná (2,3%) e São Paulo (1,7%) também tiveram altas mais acentuadas do que a média nacional, enquanto Santa Catarina (0,7%) e Goiás (0,4%) completaram o conjunto de locais com índices positivos.

 

As quedas mais intensas de julho foram no Espírito Santo (-8,3%) e no Rio de Janeiro (-5,9%), com o primeiro voltando a recuar após a variação positiva de 0,3% no mês anterior; e o segundo eliminando a alta de 1,9% registrada em junho. As demais taxas negativas foram no Amazonas (-3,1%), Rio Grande do Sul (-1,5%), Minas Gerais (-1,0%), Ceará (-0,7%) e Pernambuco (-0,2%).

 

Evolução Mensal da Produção Industrial por Categorias Econômicas 

 

Confira abaixo a evolução mensal da produção industrial brasileira em cada uma das grandes categorias de nossa economia. A tabela compara a produção de cada mês com a média mensal produzida no ano base da pesquisa (2012).

 

 

Evolução Mensal da Produção Industrial por Atividades de Indústria 

 

Confira abaixo a evolução mensal da produção industrial brasileira em cada uma das principais atividades de nossa indútria. A tabela compara a produção de cada mês com a média mensal produzida no ano base da pesquisa (2012), após a realização dos devidos ajustes sazonais.

 

 

Evolução Mensal da Produção Industrial por Regiões  

 

Confira abaixo a evolução mensal da produção industrial brasileira em cada uma das regiões avaliadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para elaboração da Pesquisa Industrial Mensal (PIM). A tabela compara a produção de cada mês com a média mensal produzida no ano base da pesquisa (2012).

 

 

Variação Mensal da Produção Industrial Brasileira

 

O crescimento de 0,8% da atividade industrial na passagem de junho para julho de 2017 teve predomínio de resultados positivos, alcançando todas as quatro grandes categorias econômicas e 14 dos 24 ramos pesquisados.

 

Entre as grandes categorias econômicas, ainda na comparação com o mês imediatamente anterior, bens de consumo duráveis, ao avançar 2,7%, mostrou a expansão mais acentuada em julho de 2017 e eliminou parte do recuo de 5,6% observado em junho último.

 

Variação Anual da Produção Industrial Brasileira

 

Na comparação com igual mês do ano anterior, o setor industrial assinalou expansão de 2,5% em julho de 2017, com resultados positivos em todas as quatro grandes categorias econômicas, 17 dos 26 ramos, 50 dos 79 grupos e 54,0% dos 805 produtos pesquisados.

Ainda no confronto com igual mês do ano anterior, bens de capital (8,7%) e bens de consumo duráveis (8,1%) assinalaram, em julho de 2017, os avanços mais acentuados entre as grandes categorias econômicas.

 

Variação Acumulada no Ano da Produção Industrial Brasileira

 

No índice acumulado para janeiro-julho de 2017, frente a igual período do ano anterior, o setor industrial mostrou acréscimo de 0,8%, com resultados positivos em duas das quatro grandes categorias econômicas, 13 dos 26 ramos, 40 dos 79 grupos e 51,4% dos 805 produtos pesquisados.

 

Variação Acumulada nos Últimos 12 Meses pela Produção Industrial Brasileira

 

A taxa anualizada, indicador acumulado nos últimos doze meses, ao recuar 1,1% em julho de 2017 no total da indústria nacional, permaneceu com a redução no ritmo de queda iniciada em junho de 2016 (-9,7%). Em termos regionais, dez dos quinze locais pesquisados mostraram taxas negativas em julho de 2017, mas doze apontaram maior dinamismo frente aos índices de junho último.

 

Fonte: ADVFN