Câmara de Comercialização supera 7 mil agentes e atinge marca histórica

Dentro da sua missão de viabilizar a comercialização de energia elétrica, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE atingiu uma marca histórica de mais de 7 mil associados. A instituição terminou o 1º trimestre de 2018 com um total de 7.010 agentes, sendo a maioria consumidores especiais, que representam 64% das empresas registradas na instituição.

 

No Ambiente de Contratação Livre – ACL, o número de consumidores é o principal impulsionador de crescimento, apesar da desaceleração da migração ocorrida no último trimestre. Em 2016, quando foi registrado o pico de pedidos de adesão, a CCEE fechou com 4.062 consumidores. Em 2017, saltou para 5.192. E, neste ano, alcançou a marca de 5.349 com a adesão de 216 no primeiro trimestre.

 

O sucesso do mercado livre também provocou o crescimento das adesões de comercializadoras. Em março de 2017, a CCEE tinha 194 empresas do segmento, número que subiu 17% em um ano, alcançando a marca de 227. Neste período de um ano, também foram habilitados cinco varejistas, somando um total de 8 empresas no segmento.

 

Atualmente, a Câmara de Comercialização conta com 321 processos de adesão abertos, sendo que 242 são de consumidores especiais, 37 de comercializadores, 24 de geradores e 18 de consumidores livres.

 

Ativos e pontos de medição

 

Ao todo, a CCEE tem registrado 13.456 ativos e 18.502 pontos de medição, sendo que 6.437 (35%) são beneficiados diretamente com a flexibilização. Os consumidores especiais possuem 9.919 ativos e 9.979 pontos de medição. Já os livres contam com 1.498 ativos e 1.867 pontos de medição.

 

Fonte: CCEE