Comissão promove debate sobre incentivos à geração de energias renováveis

A Comissão de Minas e Energia debate nesta quarta-feira (7) políticas de incentivos à geração de energias renováveis. O deputado Sérgio Vidigal (PDT-ES), que propôs o debate, explica que a adoção de energias alternativas tem sido amplamente buscada desde a década de 1970, quando as crises do petróleo levaram diversos países a procurar a segurança no fornecimento de energia e a redução da dependência da importação de combustíveis.

 

“Recentemente, as preocupações ambientais se tornaram o maior motor para a busca de alternativas mais limpas de produção de energia.”, destaca o parlamentar.

 

Vidigal destaca, no entanto, que o potencial dessas fontes é imenso e pouco aproveitado."Havendo políticas públicas para o setor, o governo brasileiro tem como promover as ações para atender a uma significativa parte das demandas de eletricidade do país a partir de fontes limpas e de baixo impacto ambiental", afirma.

 

Foram convidados: 
- representante do Ministério de Minas e Energia; 
- o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo, Aladim Cerqueira; 
- o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, Romeu Donizete Rufino;
- o coordenador do Grupo de Pesquisa em Produção e Processamento de Petróleo, Gás e Energia Renováveis, da Universidade Federal do Espírito Santo, Oldrich Joel Romero;
- o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Paulo Rabello de Castro; 
- o presidente da Empresa Brasileira de Energia Solar, Surya Mendonça; 
- o diretor-executivo da WWF-Brasil, Maurício Voivodic; 
- o diretor-executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, Rodrigo Lopes Sauaia; 
- a presidente-executiva da Associação Brasileira de Energia Eólica, Elbia Silva Gannoum; 
- o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Luiz Augusto de Souza Ferreira.

 

A reunião será realizada às 9h30, no plenário 7.

 

Fonte: Câmara dos Deputados