Pequenas Centrais Hidroelétricas (PCHs) são usinas com potência instalada de 5 a 30 MW e reservatório inferior a 13 km².  Já as CGHs, são usinas com potencia inferior a 5 MW, com a mesma limitação nos reservatórios.

 

Experiência : seu maior diferencial competitivo quando conta com a ENERCONS

O grau de excelência dos serviços alcançado pela ENERCONS é fruto de uma experiência de mais de 17 anos, com as seguintes marcas, sem falsa modéstia, difíceis de serem batidas no Brasil:

• Projetos Básicos Completos de Engenharia de 32 ( trinta e duas ) Pequenas Centrais Hidrelétricas;

• Inventários Hidroenergéticos em 11 ( onze ) rios brasileiros;

• Avaliações Preliminares de Potenciais Energéticos em 10 ( dez ) novos locais identificados por nossos clientes ou por nossos estudos de prospecção;

• Estudos de Viabilidade Técnico Econômica e Ambiental em 9 ( nove ) novos locais e em aproveitamentos;

• Estudos de Prospecção de Novos Aproveitamentos Hidrelétricos;

• Relatórios Técnicos para a ABRAPCH sobre os problemas estruturais do setor elétrico brasileiro;

• Consultoria para Comercialização da Energia Gerada, tanto no Mercado Livre como em Leilões da ANEEL; 

• Consultoria na mitigação de impactos causados por Projetos Hidrelétricos com áreas de interferência em comunidades indígenas;

 

As principais VANTAGENS das PCHs e das CGHs são:

• Criam um pequeno lago em seus reservatórios, utilizado muitas vezes para turismo lazer, piscicultura, promovendo a valorização imobiliária do entorno;

• Provocam baixíssimo impacto ambiental, se comparadas com as demais fontes como as térmicas fósseis e outras tidas como renováveis;

• Criam e mantêm Áreas de Preservação Permanente ( APPs ), com espécies nativas de fauna e flora, que não são obrigatórias nas outras fontes de energia;

• Fornecem, através das suas APPs, efetiva proteção contra a erosão do solo em todo o entorno das usinas e do seu reservatório;

• Impedem a o plantio e a ocupação irregular das margens dos rios e do reservatório através do perímetro de segurança cercado pelas APPs;

• Suas grades e reservatórios  limpam a agua de sedimentos, detritos flutuantes, lixo, troncos e animais apodrecidos, funcionando como um verdadeiro filtro;

• Podem ser usadas em muitos municípios como a principal fonte para o abastecimento público de agua potável sem que isso provoque perda de capacidade de atendimento aos contratos de energia;

• Estão geralmente situadas próximas aos grandes centros de consumo, evitando investimentos em grandes linhas de transmissão;

• Permitem geração de energia no horário de ponta, diminuindo a dependência de energia transmitida de grandes distâncias , diminuindo as perdas elétricas;

• Possuem uma cadeia produtiva totalmente nacional, desde os estudos preliminares, projetos,  turbinas, geradores até sofisticados sistemas de controle e supervisão remota;

• Geram 41 empregos no Brasil para cada MW instalado,  o maior índice de todas as fontes energéticas;

• Aumentam a receita e portanto  a  quota parte do ICMS dos Municípios ( FPM ) onde estão construídas; 

• Melhoram a qualidade da energia em toda a região, atraindo novas indústrias;

 

São muitas as outras vantagens para o Brasil, para os investidores e os municípios brasileiros na construção das PCHs e CGHs.

 

ENTRE EM CONTATO CONOSCO